IMPRIMIR

16/10/2010 - 07:19

Fundação Maria Cecília Souto Vidigal assina convênio de R$2,6 milhões com a FAPESP

Iniciativa vai estimular pesquisas na área de Desenvolvimento Infantil.

A Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado de São Paulo (FAPESP), assina no dia 19 de outubro (terça-feira), na sala da presidência da FAPESP, um acordo de cooperação científica e tecnológica de R$ 2,6 milhões para fomentar a pesquisa na área de Desenvolvimento Infantil (DI). O valor da linha de financiamento será composto metade pela Fundação e metade pela FAPESP e será aplicado na promoção de pesquisas no país, carente de informações especializadas sobre a primeira infância.

O edital será elaborado por uma comissão formada por membros da Fundação Maria Cecília e da FAPESP. O documento vai estabelecer os prazos e parâmetros aos participantes e será divulgado em breve..

Poderão solicitar o financiamento pesquisas dedicadas às seguintes áreas de interesse, divididas em três categorias: 1. promoção de melhorias no sistema de atenção à primeira infância e políticas voltadas ao DI; 2. saúde, assistência social, educação e desenvolvimento; 3. parcerias com pais e comunidades.

Os trabalhos podem abranger, por exemplo, pesquisas que identifiquem, analisem e avaliem estratégias de atendimento das necessidades de cuidados da infância no ambiente familiar e no ambiente institucionalizado (creche ou escola)..

Fundação Maria Cecília Souto Vidigal - Familiar e sem fins lucrativos, a fundação foi criada em 1965 para atuar em pesquisa em hemoterapia. Durante quase 40 anos, os trabalhos foram dirigidos exclusivamente a pesquisas e atendimento a leucêmicos. Posteriormente, já nos anos 2000, as atividades foram expandidas para a área de geração de conhecimento. Atualmente, sua nova missão é gerar e disseminar conhecimento para o desenvolvimento integral da criança de zero a três anos. A FMCSV é mantida por um fundo patrimonial.

Copyright 2006 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.